News

Tireoidite de Hashimoto: Conheça tudo sobre essa doença!

Tireoidite de Hashimoto é uma doença que vem ganhando cada vez mais atenção de profissionais da saúde. Conheça suas causas, sintomas e como é feito o tratamento.

Anúncios

Funcionamento da tireoide reflete diretamente na saúde

Tireoide com anticorpos azuis
Conheça a Tireoidite de Hashimoto. Fonte: Canva.

Também conhecida como Doença de Hashimoto, a Tireoidite de Hashimoto é uma situação que antecede o hipotireoidismo.

O hipotireoidismo é a incapacidade da tireoide de produzir hormônios T3 e T4 na quantidade adequada. 

Ou seja, essa condição de saúde é na verdade um alerta de que a tireoide não está funcionando de maneira adequada. 

A exemplo de outras condições de saúde, a Tireoidite de Hashimoto é uma doença com origem autoimune. 

Laço roxo representando doenças autoimunes

O que são doenças autoimunes

Saiba o que são doenças autoimunes e por que elas surgem.

As causas da Tireoidite de Hashimoto

A doença ocorre porque o organismo passa a fabricar anticorpos que atacam a tireoide.

Ou seja, um caso clássico de condição autoimune. 

É como se o organismo não reconhecesse a tireoide como uma glândula legítima.

Assim, há produção de anticorpos que geram um quadro de inflamação na tireóide fazendo com que ela não funcione adequadamente. 

Dessa forma, se instala a doença. 

Sintomas

Os sintomas da Tireoidite de Hashimoto são semelhantes ao do hipotireoidismo. 

Assim, quem está doente, normalmente apresenta:

  • Cansaço e fadiga;
  • Lentidão;
  • Aumento de sensibilidade ao frio;
  • Prisão de ventre;
  • Palidez;
  • Ressecamento da pele;
  • Inchaço da face;
  • Unhas quebradiças;
  • Queda de cabelo;
  • Aumento no tamanho da língua;
  • Dores musculares e articulares;
  • Fraqueza muscular;
  • Menstruação excessiva ou prolongada;
  • Depressão;
  • Lapsos de memória.

Além dos sintomas, um ponto importante sobre essa doença é que ela normalmente surge em quem já tem alguma doença de origem autoimune. 

Pessoas com vitiligo, doença inflamatória intestinal tem maiores chances de desenvolver essa patologia.

Mulheres são as mais afetadas

Existem alguns fatores de risco que aumentam as chances da pessoa ter Tireoidite de Hashimoto.

Então, além da presença prévia de uma doença autoimune, os principais fatores de risco para o surgimento dessa patologia são:

  • Sexo: Mulheres tem mais propensão ao desenvolvimento da Tireoidite de Hashimoto;
  • Meia idade: a doença é mais comum na faixa dos 45 anos de idade;
  • Fatores genéticos;
  • Exposição frequente à radiação, sejam raios solares ou equipamentos que emitem radiação.

Diagnóstico é simples e rápido 

Os sintomas da doença são facilmente notados.

Afinal, surgem de uma hora para outra, e costumam vir em grupo.

Ou seja, quando a pessoa começa a adoecer ela passa a se sentir mais cansada, sofre com inchaços e dores musculares e articulares, por exemplo. 

Nesse momento, é hora de buscar ajuda profissional para que o diagnóstico seja feito.

Então, para fazer o diagnóstico é preciso realizar exames que avaliam hormônios tireoidianos, como TSH e T4 Livre, por exemplo.

Além disso, é importante buscar a presença de anticorpos.

Assim, exames Anti-TPO e anti-tireoglobulina devem ser feitos. 

Então, com os resultados em mãos, o diagnóstico é fechado e o paciente parte para o tratamento. 

Tratamento

O tratamento da tireoidite de Hashimoto visa repor a produção de hormônios que deixaram de ser produzidos pela tireoide.

Ou seja, é uma ajuda externa para manter o organismo equilibrado. 

Além disso, em determinadas situações, é comum o uso de corticoides e imunossupressores.

Eles são usados como forma de diminuir a ação do sistema imunológico. 

Assim, a produção de anticorpos contra a tireóide diminui e o paciente ganha com saúde e qualidade de vida. 

Alimentação é importante

A exemplo de outras doenças autoimunes, a alimentação é muito importante para o paciente com tireoidite de hashimoto.

Assim, saber quais alimentos priorizar e evitar é fundamental para a saúde e qualidade de vida. 

Prato de alimentos para tireoidite de hashimoto

Dieta para tireoidite de hashimoto

Descubra como deve ser a dieta para pacientes com Doença de Hashimoto. O que evitar e o que incluir.

Sobre o autor  /  Murilo C.

Murilo C. é biomédico formado em 2010 com vivência clínica e laboratorial. Além disso, é formado em nutrição, com especializações na área de nutrição esportiva e fitoterapia. Atuante na área de nutrição clínica, acredita no poder dos alimentos como forma prevenir e tratar doenças. Escritor, leva informação de qualidade sobre saúde e alimentação para todos há uma década.

Em Alta

content

Ressaca: entenda o que é e porque ela acontece e os 10 verdadeiros sintomas

Conheça os 10 verdadeiros sintomas de ressaca, descubra porque ela ocorre e conheça formas simples de prevenir esse problema.

Continue lendo
content

Como saber se meu peso é ideal para minha altura? Aprenda o cálculo

Quer saber se seu peso é ideal para sua altura? Confira a resposta aqui e aprenda a calcular o seu Índice de Massa Corporal facilmente!

Continue lendo
content

Aprenda a fazer uma gostosa e prática receita de salada de macarrão!

Uma receita de salada de macarrão é ótima para o verão. Veja como fazer algumas com ingredientes coringas, como queijo e atum.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Como baixar e usar o aplicativo Culture Trip?

O aplicativo Culture Trip está disponível gratuitamente para download através da Google Play ou App Store. Encontre a hospedagem perfeita para você, além de atividades e inspirações de passeio. Veja o passo a passo para usar!

Continue lendo
content

Voo cancelado Gol: veja como lidar com a situação! 

Voo cancelado pela GOL: saiba como enfrentar essa situação com nossas dicas úteis e práticas. Esteja preparado para lidar com cancelamentos de voos da GOL.

Continue lendo
content

5 viagens incríveis para mulheres fazerem sozinhas!

Cada vez mais o público feminino está em busca de viagens para mulheres fazerem sozinhas. Então, veja aqui opções seguras e boas para quem não tem experiência e crie roteiros incríveis para aproveitar ao máximo!

Continue lendo