News

Dieta para retocolite ulcerativa: Saiba o que priorizar e o que evitar!

Saiba como deve ser feita a montagem de uma dieta para retocolite ulcerativa. Garantir conforto para o sistema gastrintestinal é fundamental.

Anúncios

Alimentação para retocolite ulcerativa precisa ser pensada

Sistema digestório simplificado com fundo amarelo
É preciso buscar ajuda profissional na hora de montar cardápio para retocolite ulcerativa. Fonte: Canva.

Montar uma dieta para retocolite ulcerativa é algo complicado no início, mas que se torna simples.

Contudo, rapidamente se entende quais são as necessidades e a alimentação passa a se tornar algo mais simples. 

Então, foi pensando em trazer informação de qualidade que vamos mostrar agora dicas simples de como montar um cardápio para pacientes diagnosticados com colite. 

Assim, é hora de começar.

intestino com pílulas e cápsulas

Prebióticos, probióticos e simbióticos: conheça!

Descubra quais são as diferenças e quando usar prebióticos, probióticos e simbióticos.

Saiba o que levar em consideração na hora de montar dieta para retocolite ulcerativa

Na hora de montar uma dieta para retocolite ulcerativa é preciso levar em conta a necessidade de pouco esforço para o sistema gastrintestinal. 

Ou seja, o sistema digestivo necessita de tranquilidade.

Assim, é preciso evitar alimentos de difícil digestão, priorizar os de fácil digestão e ainda apostar em opções anti-inflamatórias naturais. 

Então, vamos te mostrar agora, o que evitar e o que priorizar nesse momento delicado.

Alimentos para evitar

Como forma de oferecer alívio ao sistema digestório, é importante evitar alimentos de difícil digestão ou que tenham grande capacidade inflamação. 

Então, os principais alimentos para evitar são:

  • Carnes vermelhas;
  • Alimentos produzidos com farinha de trigo ou óleo de soja;
  • Açúcar;
  • Biscoitos ou doces açucarados;
  • Salgadinhos;
  • Embutidos;
  • Verduras folhosas, por conta do excesso de fibras;
  • Frituras em geral;
  • Leites e derivados lácteos;

Todos esses alimentos são difíceis de digerir. 

Carnes vermelhas, verduras com alto teor de fibras e leites e derivados lácteos são de difícil digestão.

Além disso, alimentos farináceos, açúcar, biscoitos, doces, salgadinhos, embutidos e frituras possuem alta capacidade de causar inflamações.

Por isso, evite essas opções! 

Alimentos para priorizar

Pensando no bem-estar do paciente com retocolite ulcerativa, é preciso priorizar os seguintes alimentos:

  • Carnes brancas grelhadas, como peixes e frangos;
  • Frutas como banana, maçã e pera sem casca;
  • Preparos feitos com farinhas sem glúten;
  • Água;
  • Arroz branco;
  • Tubérculos como batata, mandioca ou mandioquinha sem casca;
  • Abacate;
  • Azeite extra-virgem;
  • Biscoitos de arroz;
  • Raízes como cúrcuma e gengibre;
  • Temperos naturais como alecrim.

Todas essas opções são fáceis de serem digeridas. 

Assim, devem estar presentes em uma dieta para retocolite ulcerativa. 

Afinal, além de serem facilmente digeridas, ainda trazem potencial anti-inflamatório ao organismo. 

Por isso, devem estar presentes na dieta do paciente.

Chás são ótimas opções para pacientes com retocolite ulcerativa

Pensando em acalmar a mucosa estomacal e intestinal, optar por chás é uma excelente maneira de controlar a inflamação e ganhar qualidade de vida. 

Então, as melhores opções de chás para incluir em um cardápio para retocolite ulcerativa são:

  • Espinheira santa – em jejum ao acordar;
  • Erva doce;
  • Hortelã;
  • Alecrim;
  • Guaçatonga;
  • Camomila – após as principais refeições;
  • Capim cidreira;
  • Gengibre – antes de dormir. 

Então, essas opções de chás são amigas do intestino e possuem grande capacidade de auxiliar o processo de digestão, além de trazer efeitos carminativos à mucosa. 

Suplementos são utilizados

Em momentos críticos, ou seja, quando a doença está mais ativa, a utilização de suplementos é comum. 

Assim, suplementos são utilizados como forma de compor uma dieta para retocolite ulcerativa. 

De modo geral, essas opções são benéficas tanto em quadros de retocolite, quanto em outras patologias intestinais.

Contudo, é importante sempre buscar ajuda profissional antes do uso de suplementação.

Afinal, suplementações erradas trazem risco à saúde.

Abaixo, você acessa algumas sugestões de suplementação para saúde intestinal. Confira e não se esqueça de conversar com seu médico sobre o uso de alguma delas!

Duas mãos segurando intestino

Suplementos para saúde intestinal

Conheça 4 opções de suplementos que ajudam pacientes com retocolite ulcerativa.

Sobre o autor  /  Murilo C.

Murilo C. é biomédico formado em 2010 com vivência clínica e laboratorial. Além disso, é formado em nutrição, com especializações na área de nutrição esportiva e fitoterapia. Atuante na área de nutrição clínica, acredita no poder dos alimentos como forma prevenir e tratar doenças. Escritor, leva informação de qualidade sobre saúde e alimentação para todos há uma década.

Em Alta

content

10 opções de chás que melhoram o seu sistema imunológico

Conheça as 10 melhores opções de chás que melhoram o sistema imunológico e turbine a sua saúde de forma natural em tempos de pandemia!

Continue lendo
content

Anorexia: Conheça esse transtorno alimentar de forma aprofundada

Anorexia: Saiba o que é, conheça suas causas, sintomas, como é feito o diagnóstico e quais são as diferentes formas de tratamento.

Continue lendo
content

Biomassa de banana verde: veja benefícios dela à saúde

Entenda o que é a biomassa de banana verde, conheça cinco benefícios exclusivos e descubra como incluir em sua dieta ainda hoje.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Sky Airlines é confiável? Confira nesta análise!

Descubra a confiabilidade da Sky Airlines, seus serviços e como obter voos baratos. Aprenda tudo sobre esta premiada companhia aérea low cost da América do Sul.

Continue lendo
content

Como comprar passagem na Flytour Viagens?

Confira aqui o passo a passo para comprar passagens aéreas com a Flytour Viagens. Aliás, a Flytour é a agência que mais emite passagens aéreas no país. Confira como fazer!

Continue lendo
content

Programa e-Residency: cidadania virtual na Estônia para empreender!

Com o e-Residency, você poderá possuir uma empresa startup na Estônia com taxas amigáveis e transparentes. Todo o programa é feito pelo governo estoniano de forma segura!

Continue lendo