News

A dieta que vai te salvar de intoxicações alimentares: dicas saudáveis

Intoxicações alimentares são perigosas e requerem muita atenção. Descubra como precisa ser uma dieta para intoxicação alimentar para reestabelecer a saúde de maneira eficaz e sem grandes esforços.

Anúncios

Livre-se de intoxicações alimentares com uma dieta equilibrada para isso

Dieta para intoxicação alimentar
Dieta para intoxicação alimentar deve ser leve e branda. Fonte: Unsplash.

Adotar uma dieta para intoxicação alimentar é o melhor caminho para aliviar os sintomas de quem foi intoxicado.

Contudo, esse tipo de alimentação deve ser bem planejado. 

Afinal, o paciente precisa se reidratar e obter nutrientes para recuperar um organismo lesado.

É muito comum que pacientes intoxicados estejam debilitados. 

Assim, é preciso paciência e um pouco de calma até que a saúde se restabeleça. 

Por isso, vamos mostrar agora como deve ser uma dieta para quem sofreu com intoxicação alimentar. 

Prato de atum grelhado com ervas e rabanete

Atum grelhado é opção leve e interessante

Atum grelhado pode ser incluído dieta para intoxicação alimentar. Aprenda a fazer!

A melhor dieta para evitar intoxicações alimentares

A dieta para intoxicação alimentar é relativamente simples.

Ela deve ser leve.

Assim, ela não irá sobrecarregar o sistema digestório.

Quando se fala em dieta para pessoas intoxicadas é preciso pensar em:

  • Fornecer energia;
  • Promover hidratação;
  • Oferecer vitaminas e minerais. 

Então, é hora de aprender como esse tipo de dieta deve ser. 

Vamos lá?

Sem fibras

A dieta para intoxicação alimentar deve ser livre de fibras. 

Afinal, as fibras estimulam o funcionamento intestinal e podem resultar em novos quadros de diarreia. 

Por isso, é preciso oferecer alimentos de fácil digestão, tais como:

  • Caldos de legumes e verduras batidos e coados; 
  • Arroz branco;
  • Purês em geral como batata, mandioquinha ou abóbora. 

Grelhados e cozidos

Outro ponto importante diz respeito à preparação dos alimentos.

Deve-se preconizar opções que sejam grelhadas ou cozidas.

Logo, no caso das carnes, é importante evitar carnes vermelhas e dar preferência pelas brancas.

Afinal, são mais fáceis de digerir.

Atenção a hidratação

E por último, mas não menos importante, é preciso dar atenção a hidratação.

Afinal, pessoas intoxicadas sofrem com diferentes graus de desidratação.

Assim, uma dieta para intoxicação alimentar precisa de grandes volumes de água.

Contudo, é importante fracionar a ingestão de água aos poucos.

Além da água, a hidratação deve ser oferecida das seguintes formas:

  • Água aromatizada;
  • Chás digestivos como camomila, erva-doce, erva-cidreira, hortelã.
  • Sucos naturais com frutas batidas e água, desde que coados.

Reposição de líquido é de grande importância

Assim, como a dieta para desidratação é fundamental, a reposição de líquido requer atenção.

Afinal, quando se perde 1% de líquido corporal a saúde está em risco.

Copo de água em cima de mesa ao ar livre

Reposição hídrica após intoxicação alimentar

Descubra como repor o líquido perdido depois de um quadro de intoxicação alimentar.

Sobre o autor  /  Murilo C.

Murilo C. é biomédico formado em 2010 com vivência clínica e laboratorial. Além disso, é formado em nutrição, com especializações na área de nutrição esportiva e fitoterapia. Atuante na área de nutrição clínica, acredita no poder dos alimentos como forma prevenir e tratar doenças. Escritor, leva informação de qualidade sobre saúde e alimentação para todos há uma década.

Em Alta

content

Aplicativo Lifesum: fique em forma e mantenha-se saudável!

O Aplicativo Lifesum oferece um plano de refeições simples, com receitas nutritivas e saborosas para você. Conheça mais sobre ele!

Continue lendo
content

O que não comer após tatuagem? Evite esses alimentos para boa cicatrização

Embutidos, frutos do mar e chocolate estão na lista do que não comer após fazer tatuagem. Confira outros alimentos e cuide da cicatrização!

Continue lendo
content

Comfort food: Entenda esse conceito de alimentação e gastronomia

Comfort food: Conheça o conceito e as principais categorias dessa forma inclusiva e prazerosa de se alimentar que vem crescendo.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Pegue sua Mochila é confiável? Veja como funciona antes de comprar

Disponível no mercado desde 2006, a agência de viagens Pegue sua Mochila é a ideal para quem procura viagens curtas de fim de semana e feriados. Entenda como seus roteiros funcionam e veja se vale a pena comprar com ela!

Continue lendo
content

TOP 8 países mais baratos para se viajar pela Europa!

Você sabia que é possível viajar gastando pouco por alguns países da Europa? Então confira aqui nossa lista de 8 países que você pode viajar barato e inclua Polônia, Portugal, entre outros destinos no seu roteiro.

Continue lendo
content

Aplicativo Hopper: veja como funciona e se vale a pena!

Além de prever com precisão os preços das passagens aéreas, o aplicativo Hopper ainda oferece ferramentas para reserva de hospedagem e aluguel de carros. Ou seja, planejar sua viagem nunca foi tão fácil! Veja como funciona!

Continue lendo