Saúde

Como o nutricionista monta uma dieta completa para seus clientes?

Aprenda sobre as diferentes ferramentas e métodos que um nutricionista usa para criar dietas completas e individualizadas para seus clientes. Tire suas dúvidas e saiba mais aqui!

Anúncios

por Solange Zecchin

Publicado em 13/11/2022

Saiba como montar uma dieta perfeita para seus pacientes

Saiba como elaborar um plano alimentar para seus pacientes. Fonte: AdobeStock.

Muitas pessoas ficam curiosas para saber como o nutricionista monta a dieta de seus pacientes. Então, aprenda aqui algumas dicas que ajudam o profissional no seu trabalho. 

Prato de salada e salmão vista de cima

A dieta que vai te salvar de intoxicações alimentares: dicas saudáveis

Intoxicações alimentares são perigosas e requerem muita atenção. Descubra como precisa ser uma dieta para intoxicação alimentar para reestabelecer a saúde de maneira eficaz e sem grandes esforços.

Afinal, pode ser complicado encontrar o equilíbrio certo de alimentos que ajudarão cada indivíduo a atingir seus objetivos de saúde. Então, confira a seguir os princípios básicos para uma combinação bem sucedida!

Anúncios

Como o nutricionista monta dieta? Passos para elaborar um plano bem sucedido

Conheça o passo a passo para criar uma dieta alimentar. Fonte: AdobeStock.

Em primeiro lugar, uma dieta completa e saudável deve incluir todos os grupos de alimentos. Assim, você garante que o corpo irá receber totalmente os nutrientes que ele necessita.

Além disso, é importante escolher alimentos que tenham alto valor nutricional e baixas calorias. E também, a dieta deve ser adaptada às necessidades e preferências únicas de cada indivíduo.

Mas como você pode fazer isso exatamente? Acompanhe então algumas dicas a seguir:

Ouça seu paciente

Como nutricionista, uma das coisas mais importantes que você pode fazer é ouvir os seus pacientes. Assim, levante informações sobre quais são os seus objetivos, os hábitos alimentares e os alimentos que mais gosta. 

Também, adapte a sua dieta de acordo com a sua situação socioeconômica e respeite a sua cultura. Ao conhecer seus pacientes em um nível pessoal, você pode montar um plano alimentar que terá mais chances de sucesso.

Anúncios

Cálculo da quantidade de alimentos

Um bom nutricionista deve levar em conta quantas refeições o paciente precisa comer por dia, que devem ser em torno de quatro a seis. Assim, elas devem ser divididas em três principais: café da manhã, almoço e jantar.

E é importante não pular nenhuma delas. Além disso, também deve-se pensar nos intervalos. Dessa forma, os lanches da manhã, da tarde e da noite não devem ser negligenciados.

Desse modo, é possível estimar o valor energético total (VET) de acordo com o seu nível de atividade. Por exemplo, as refeições principais devem conter até 40% do VET, enquanto os lanches devem ter apenas 15%. 

Inclua todos os grupos alimentares

Confira algumas dicas importantes para desenvolver um plano alimentar. Fonte: AdobeStock.

O paciente deve comer de tudo um pouco, mas moderadamente. Assim, o plano alimentar deve conter proteínas, vitaminas (encontradas nas frutas, verduras e legumes) e carboidratos (fonte de energia).

Portanto, calcule tudo de maneira equilibrada, seguindo as especificações do guia alimentar brasileiro e a pirâmide dos alimentos. Dessa maneira, é possível estabelecer uma dieta saudável para o seu paciente!

Planeje um cardápio semanal balanceado

Assim, um cardápio equilibrado possui todos os grupos alimentares. Acompanhe algumas sugestões no caso do almoço e do jantar:

  • Carboidratos – Como opção, recomende arroz ou macarrão integral, mandioquinha cozida, polenta, mandioca ou milho. Só não deve misturá-los.
  • Saladas – Indique a vontade saladas de rúcula, alface, agrião, escarola. Só é importante salientar o cuidado com os molhos, temperos e não abusar do sal. 
  • Legumes – A lista de legumes é muito variada. Cenoura, beterraba, abóbora madura ou rabanete são ótimas opções de vegetais tipo B para você incluir na dieta. Porém, é preciso indicar as quantidades certas.
  • Proteínas – A proteína é fundamental no prato principal. Indique uma porção de filé de peixe grelhados, carne de boi ou filé de peito de frango.
  • Ferro – Uma importante fonte de ferro é o feijão. Dessa forma, ele combate a anemia e é um alimento fundamental na alimentação do seu paciente.
  • Frutas – As frutas são um ótimo substituto dos doces, e podem entrar no lugar da sobremesa. Sempre que possível, o ideal é consumi-las com a casca, porque ela é rica em fibras, ajudando no funcionamento do intestino.

Utilize ferramentas para criar uma dieta completa

  • Uma ótima dica é utilizar ferramentas que auxiliam o profissional a criar uma dieta equilibrada e saudável. 
  • Uma delas é o Software para Nutricionistas, que melhora o trabalho do profissional. Assim, ele possui recursos que ajudam a calcular automaticamente medidas como massa muscular, percentual de gordura, gasto energético, e outras informações relevantes.
  • Além do mais, o programa oferece um banco de dados com opções de cardápio e substituição dos alimentos, ajudando em todas as fases do atendimento médico. 
  • Dessa maneira, o Software oferece apoio no momento da consulta, no planejamento do plano alimentar e no pós-atendimento.

Combinação adequada dos alimentos 

Pois bem, o almoço e o jantar são as duas mais importantes refeições e devem agradar o paladar e a saúde. Então, confira a seguir opções para que você possa combinar os alimentos, proporcionando uma dieta nutritiva e prazerosa.

Almoço

1 – Arroz integral com brócolis, feijão, filé de peito de frango grelhado e salada de agrião com tomate.

2 – Macarrão integral, carne de boi grelhada e acebolada, salada de rúcula e cenoura ralada.

3 – Arroz integral, lentilha, escarola refogada, palmito e omelete com tomate.

4 – Peixe assado com batata doce, salada de alface e sementes de chia.

Jantar

1 – Salada de folhas verdes variadas, tomate, beterraba cozida, cenoura ralada, arroz integral e peixe grelhado.

2 – Arroz integral, carne moída com vagem, salada de rúcula com tomate-cereja e cenoura refogada.

3 -Purê de batata inglesa, almôndegas assadas, salada de alface com tomate e ervilha-torta refogada.

4 – Purê de mandioquinha, escarola refogada com azeite e alho, frango grelhado, cenoura e beterraba raladas.

Deixe os alimentos gordurosos fora da dieta

Assim, os alimentos gordurosos devem ser excluídos da dieta saudável. Desse modo, frituras e embutidos (presunto, salame, mortadela, salsicha e linguiça) não devem ser consumidos. Além disso, evite creme de leite, manteiga e óleo.

Por outro lado, é preciso restringir carnes gordurosas como picanha, cupim, fraldinha, acém, pele de frango e queijos amarelos, todos considerados alimentos com alto índice de gordura.

Então, viu como é fácil planejar um plano alimentar completo? Agora você já sabe um pouco mais sobre como um nutricionista monta dieta! E, com essas dicas simples, você conseguirá atingir com sucesso seus objetivos!

Agora, se você está procurando um software grátis para nutricionista, confira no link abaixo dicas e opções dos melhores aplicativos. Acompanhe e saiba mais! 

Alimentos orgânicos e um Tablet PC mostrando informações sobre nutrição saudável

Software para nutricionista grátis: saiba como escolher entre tantas ofertas!

Se você está procurando um software grátis para atuar como nutricionista, confira informações e dicas para escolher o melhor aplicativo entre tantas opções. Acompanhe e saiba mais!

Sobre o autor

Solange Zecchin

Apaixonada por culinária e saúde, busca criar conteúdos que ajudem as pessoas a se sentirem mais confiantes na cozinha, além de alcançarem mais bem-estar no dia a dia através da alimentação e atividades físicas. Especialista em gastronomia italiana, uma de suas paixões.

Em Alta

content

Receitas Diet e Light? Entenda a diferença e saiba qual escolher

Aprenda a diferenciar receitas diet e light e saiba quando incluir cada uma dessas opções em sua rotina diária de alimentação.

Continue lendo
content

Aplicativo Diabetes Ginásticas: conheça e pratique exercício físico para cuidar da diabetes!

O aplicativo Diabetes Ginásticas foi desenvolvido para ajudar a gerenciar seu diabetes. Conheça-o hoje mesmo e sinta a diferença!

Continue lendo
content

Artrose: Conheça todas as suas particularidades

Entenda o que é a artrose, conheça suas causas e sintomas e descubra qual é o momento de buscar ajuda médica. Controlar a doença é simples.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Confira algumas dicas para comprar sua passagem de ônibus!

Existem algumas formas de comprar passagens de ônibus pagando menos que vão te ajudar a economizar seu dinheiro. Na verdade, a ideia é viajar mais, por menos! Veja algumas dicas e aproveite os descontos!

Continue lendo
content

Aplicativo Visit a City: veja como funciona e se vale a pena!

Você não precisa mais passar dias organizando a sua próxima viagem. Basta acessar o aplicativo Visit a City e conferir sugestões do que fazer, onde se hospedar e o que conhecer em mais de 3 mil destinos pelo mundo!

Continue lendo
content

Conheça o cartão Banco do Brasil Gol Smiles Visa Infinite e saiba se vale a pena!

O cartão Banco do Brasil Gol Smiles Visa Infinite é uma parceria com o programa de milhas Smiles e pontua conforme seus gastos. Além disso, sua pontuação é maior e você pode acumular muito mais milhas aéreas!

Continue lendo