News

8 Sinais de alerta para o Mal de Alzheimer: conheça todos!

Saiba quais são os principais sinais de alerta para ficar de olho quando o assunto é o Mal de Alzheimer. Um diagnóstico no início permite que a evolução da doença seja lenta e proporcione qualidade de vida.

Anúncios

É fácil notar os sinais iniciais do Mal de Alzheimer

Cabeça se desfazendo
Fique atento aos sintomas de Mal de Alzheimer. Fonte: Canva.

O Mal de Alzheimer é uma doença neurodegenerativa.

Ou seja: É uma doença considerada evolutiva.

Assim, vai evoluindo desde o momento em que o paciente é diagnosticado.

Assim, com o passar do tempo, o paciente vai perdendo certas funções cerebrais.

As regiões mais afetadas do cérebro incluem as áreas responsáveis pela memória, habilidades de fala e pensamento. 

De modo geral, a progressão da doença leva entre 8 e 12 anos.

Contudo, quando diagnosticada de maneira precoce, é possível tornar essa progressão mais lenta.

Essa evolução lenta permite o máximo de qualidade de vida aos pacientes. 

E a melhor forma de garantir uma evolução saudável é observar os sinais iniciais da doença.

Médico segurando placa com Parkinson escrito

Mal de Parkinson afeta qualidade de vida

Conheça os principais sinais de Mal de Parkinson e saiba quando buscar ajuda profissional.

8 sinais de alerta do Mal de Alzheimer

Os principais sinais de Mal de Alzheimer surgem a partir dos 70 anos de idade.

Contudo, quando há histórico de casos na família, é possível que os sintomas surjam de maneira antecipada, em pessoas na faixa dos 60 anos, por exemplo. 

Por isso, conhecer os sinais precoces da doença é fundamental.

De acordo com neurologistas e psiquiatras os 8 sinais de alerta do Alzheimer são:

  1. Trocar coisas de lugar;
  2. Dificuldades ou problemas de linguagem;
  3. Tarefas ou conversas que repetem;
  4. Dificuldade em executar tarefas que antes eram feitas com facilidade;
  5. Desorientação;
  6. Perda ou lapsos de memórias;
  7. Mudanças bruscas de humor e personalidade;
  8. Desinteresse por atividades que antes eram prazerosas. 

Causas

Segundo profissionais e pesquisadores do cérebro humano, existem algumas hipóteses para explicar as causas do Mal de Alzheimer.

Assim, a conclusão hoje é de que a doença é multifatorial.

Ou seja, possuem várias causas, que quando combinadas. As principais são:

  • Genética: alterações em genes específicos desencadeiam lesões nos neurônios e afetam o funcionamento cerebral;
  • Acúmulo de proteína do tipo beta amiloide e TAU no cérebro: elas inflamam o cérebro e promovem desorganização dos neurônios;
  • Diminuição de neurotransmissores que garantem a comunicação entre os neurônios, como a acetilcolina, por exemplo;
  • Fatores ambientais: como alimentação, exposição a metais pesados, doenças pré-existentes, lesões cerebrais, sedentarismo, alcoolismo e tabagismo.

Assim, a união de dois ou mais desses fatores resultam no surgimento da doença. 

Diagnóstico

O primeiro caminho para o diagnóstico do Mal de Alzheimer são testes de raciocínio e psicológicos, feitos por neurologistas e geriatras. 

Em casos de sinais de alerta, exames de ressonância magnética do encéfalo são feitos para detectar alterações cerebrais.

Além disso, exames de sangue também são feitos para descartar outras doenças que causem alterações de memória. 

Por último, ainda é possível realizar um exame do liquor, que é o líquido que reveste o cérebro para verificar acúmulo de proteínas beta amiloide e TAU.

Assim, com um diagnóstico feito, o paciente dá início ao tratamento. 

Tratamento

O tratamento para o Mal de Alzheimer tem como objetivo diminuir os sintomas e retardar o avanço da doença.

Afinal, ainda não há cura.

Hoje os pacientes fazem uso de medicamentos que melhoram a comunicação dos neurônios, além de sessões de fisioterapia, terapia ocupacional e psicoterapia. 

Alimentação previne e torna a progressão mais lenta

Uma arma poderosa no combate e capaz de lentificar a progressão do Mal de Alzheimer é a alimentação.

Existem hoje alimentos que promovem uma limpeza cerebral.

Assim, os sintomas se tornam mais brandos e a doença evolui de forma mais lenta. 

Alimentos e cérebro

Alimentação para Mal de Alzheimer

Saiba quais alimentos priorizar na rotina de quem sofre com Mal de Alzheimer.

Sobre o autor  /  Murilo C.

Murilo C. é biomédico formado em 2010 com vivência clínica e laboratorial. Além disso, é formado em nutrição, com especializações na área de nutrição esportiva e fitoterapia. Atuante na área de nutrição clínica, acredita no poder dos alimentos como forma prevenir e tratar doenças. Escritor, leva informação de qualidade sobre saúde e alimentação para todos há uma década.

Em Alta

content

Óleo de coco faz bem para as unhas: veja como usar!

O óleo de coco para unhas garante inúmeros benefícios, como hidratação, fortalecimento e menos quebra! Veja mais vantagens aqui!

Continue lendo
content

7 apps para controlar a diabetes: cuide da sua saúde

Usar apps para controlar a diabetes é uma ótima forma de garantir sua saúde e bem-estar. Assim, conheça os melhores deles e saiba quais usar!

Continue lendo
content

Dieta para síndrome do ovário policístico: saiba o que priorizar

Açúcares e doces devem ser evitados numa dieta para síndrome do ovário policístico; já vegetais e proteínas magras são aceitas. Veja mais!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Buscavoo é confiável? Veja como funciona antes de comprar

Utilizando a meta-busca, a Buscavoo garante encontrar a melhor opção de serviço de acordo com as suas necessidades. Para isso, utiliza uma plataforma ágil e simples para você economizar tempo e dinheiro!

Continue lendo
content

Como comprar facilmente na Mondial?

A Mondial, ou Allianz, possui aplicativo e atendimento online, por telefone ou celular. Desse modo, fica muito mais fácil e prático de fazer a contratação do seu Seguro Viagem. Veja um passo a passo em detalhes de como comprar!

Continue lendo
content

Max Milhas ou TripAdvisor: qual a melhor para viajar?

Se você está planejando sua viagem e ainda não sabe se deve comprar voos e reservar hotéis com a Max Milhas ou TripAdvisor, confira nosso conteúdo antes de decidir qual delas pode te atender melhor!

Continue lendo