News

Conheça a espondilite anquilosante e seus principais sintomas

Cada vez mais conhecida, a espondilite anquilosante é uma doença autoimune que afeta diretamente a qualidade de vida dos pacientes. Conheça os principais sintomas e o principal caminho de tratamento.

Anúncios

Doenças autoimunes vem ganhando mais espaço e atenção

Mulher com braços erguidos com coluna vertebral em destaque
Tratamento da espondilite anquilosante depende de colaboração do paciente: Fonte: Canva.

A espondilite anquilosante é mais uma das doenças autoimunes que têm ganhado espaço no cotidiano e nos consultórios médicos.

Embora essas doenças tenham causas um tanto quanto particulares, fica claro que o mundo moderno colabora para o surgimento e desenvolvimento de muitas delas. 

Afinal, excessos alimentares, presença de aditivos, uso demasiado de agrotóxicos, sedentarismo causam impactos severos ao organismo e consequentemente ao sistema imunológico.

E assim, doenças de origem autoimune surgem. 

A espondilite anquilosante é um exemplo clássico de doença autoimune que incomoda bastante seus portadores. 

Muito confundida com artrite, artrose e até mesmo fibromialgia, é preciso paciência, tanto para o seu diagnóstico, quanto para seu tratamento.

Então, vamos conhecê-la mais a fundo. 

Profissional segurando teste de covid, junto a seringas, caderno, máscaras, pílulas e caderno

Variante ômicron e o decreto do fim da pandemia

Descubra se a variante ômicron é o prenúncio do fim da pandemia.

Conhecendo a espondilite anquilosante

 A espondilite anquilosante é uma doença autoimune.

Ela se caracteriza pela inflamação sistêmica e crônica, que afeta principalmente as articulações da coluna vertebral. 

Ou seja, ela é um tipo de artrite. 

Quando não tratada, ela é capaz de fazer com que as vértebras se unam, o que causa perda da mobilidade.

Embora seja uma condição que afeta principalmente a coluna vertebral, quando não tratada se espalha para outras articulações. 

Causas

Como se trata de uma condição autoimune, a causa da espondilite anquilosante não é 100% conhecida. 

Contudo, já se sabe que existe um peso genético importante para o seu surgimento e desenvolvimento.

Afinal, há uma proteína específica: HLA-B27, ou seja, um marcador genético em cerca de 90% dos portadores de espondilite anquilosante. 

Sintomas evoluem aos poucos

A espondilite anquilosante é uma doença que evolui aos poucos. 

Assim, seus sinais começam de maneira pontual, e evoluem a ponto de afetar a qualidade de vida de seus portadores.

Então, os principais sinais são:

  • Dores que se iniciam na lombar e percorrem toda a coluna vertebral;
  • Rigidez, principalmente na coluna ao se levantar;
  • Casos de tendinite repetidamente;
  • Fraqueza e fadiga;
  • Inflamações em diferentes pontos, como olhos, pele e intestino.

Diagnóstico é demorado

A exemplo de outras doenças autoimunes, o diagnóstico de espondilite anquilosante é demorado. 

Afinal, não existem exames específicos capazes de apontar: positivo ou negativo para doença.

Assim, em um primeiro momento, é preciso levar em conta os sintomas específicos do paciente. 

Junto a isso, alguns exames de sangue devem ser feitos. Os mais comuns nesse caso são:

  • Proteína C Reativa – indica presença de inflamação;
  • Fan – aponta presença de condição autoimune;
  • VHS, Velocidade de hemossedimentação – indicador de processo inflamatório;
  • Pesquisa de proteína HLA-B27 – gene que se expressa quando a doença está ativa. 

Além dos exames de sangue, testes de imagem também são feitos para avaliar a estrutura de ossos e articulações.

Então, com os resultados em mãos, chega-se a um diagnóstico. 

Tratamento

Como é de praxe em doenças autoimunes, a espondilite anquilosante não tem cura.

Contudo, por meio de um tratamento assertivo e direcionado é possível silenciar a doença e viver uma vida normal. 

O tratamento para a doença envolve principalmente o uso de medicamentos.

Os mais comuns são os corticoides e imunossupressores, com a finalidade de diminuir a ação do sistema imunológico.

Além disso, analgésicos e anti-inflamatórios são popularmente utilizados. 

Praticar atividades físicas e realizar sessões de fisioterapia também tem grande peso no tratamento da doença. 

Contudo, uma das melhores maneiras de impedir o avanço da doença é por meio da alimentação. 

A importância da alimentação no combate à espondilite anquilosante

Um ponto muito importante não apenas na espondilite anquilosante, mas em todas as doenças autoimunes é a alimentação.

Estudos e casos de pacientes mostram que praticar uma alimentação anti-inflamatória é fundamental para impedir o avanço da espondilite anquilosante.

O consumo de alimentos e nutrientes certeiros proporcionam mais qualidade de vida aos pacientes diagnosticados com a doença. 

Profissional da saúde com coluna em 3D

Dieta para espondilite anquilosante

Saiba quais alimentos priorizar e evitar para melhorar os quadros de espondilite anquilosante.

Sobre o autor  /  Murilo C.

Murilo C. é biomédico formado em 2010 com vivência clínica e laboratorial. Além disso, é formado em nutrição, com especializações na área de nutrição esportiva e fitoterapia. Atuante na área de nutrição clínica, acredita no poder dos alimentos como forma prevenir e tratar doenças. Escritor, leva informação de qualidade sobre saúde e alimentação para todos há uma década.

Em Alta

content

Arroz com legumes e carnes: refeição em um prato

Que tal fazer uma refeição completa em um só preparo? É o que o arroz com legumes e carnes oferece! Veja, aqui, como preparar.

Continue lendo
content

Sopa de alho-poró no pão italiano: Receita elegante e muito fácil

Quer aproveitar o melhor da culinária de inverno? Então confira como fazer uma sopa de alho-poró no pão italiano, diferente e saborosa.

Continue lendo
content

Musicoterapia ajuda no tratamento de doenças: saiba mais sobre ela

Musicoterapia melhora o humor, ajuda na interação social e aguça os sentindos. Conheça o que é, para quem é indicada e onde fazê-la.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Vai Viver Viagens é confiável? Veja como funciona antes de comprar

Criada em 2016 para de oferecer roteiros focados no meio ambiente e comunidade locais, a Vai Viver Viagens é uma agência de turismo com passeios incríveis para quem curte a natureza. Veja como ela funciona e se é confiável.

Continue lendo
content

TOP 5 melhores sites e aplicativos para quem quer viajar barato e seguro!

Embora viajar possa parecer algo caro, nem sempre é preciso gastar muito para conseguir curtir uma viagem. Existem sites e apps que oferecem serviços de turismo com valor imperdível, é só aproveitar!

Continue lendo
content

Como fazer reserva pelo Booking?

Se você conhece o Booking, já sabe que essa é uma plataforma segura e eficaz, além de estar presente em mais de 70 países. Portanto, veja o passo a passo para fazer sua reserva com o Booking!

Continue lendo