News

Dieta para prisão de ventre: o que comer para soltar o intestino?

Descubra quais são os melhores alimentos para soltar o intestino e reverter o doloroso quadro de prisão de ventre, além de dicas valiosas que ajudam a destravar o cocô.

Anúncios

por Murilo C.

09/03/2022 | Atualizado em 15/03/2022

Dieta para prisão de ventre é simples

Psyllium com colher de madeira
O que deve conter uma dieta para prisão de ventre? Fonte: Canva.

A dieta para prisão de ventre tem um objetivo simples: fazer o intestino voltar a funcionar.

Contudo, para que isso se torne uma realidade, é preciso levar em conta alguns aspectos importantes. 

Afinal, na maioria dos casos de prisão de ventre, o bolo fecal já está formado. 

Assim, é preciso encontrar formas de facilitar a sua expulsão, seja por meio do amolecimento desse bolo fecal, através da lubrificação intestinal, ou então, por meio do estímulo de movimentação da musculatura do intestino.

A boa notícia é que por meio de uma alimentação inteligente tudo isso é possível.

Então, vamos te mostrar agora, o que precisa conter uma dieta para prisão de ventre. 

Vamos lá?

Xícaras e bule brancos

Chás para um intestino mais saudável

Conheça as melhores opções de chá para um intestino mais saudável e funcional.

Anúncios

Dieta para prisão de ventre: afinal, o que comer?

Uma dieta para prisão de ventre é simples, saborosa e extremamente funcional. 

O recomendado é incluir alimentos que ajudem a melhorar o funcionamento e a movimentação intestinal. 

Então, vamos as melhores opções:

Verduras: couve, rúcula, acelga, agrião, aipo, brócolis, espinafre, nabo. Afinal, são ricas em fibras insolúveis que aumentam o bolo fecal e facilitam a saída do bolo fecal;

Cereais: farelo de trigo, aveia em flocos grossos, quinoa, gérmen de trigo: ricos em fibras solúveis, ajudam a reter água e amolecer as fezes;

Frutas: mamão, pera, ameixa, laranja com bagaço, abacaxi, pêssego, uva passa, figo, damasco. Ricas em fibras e nutrientes que estimulam os movimentos peristálticos;

Sementes e castanhas em geral: chia, linhaça dourada, semente de abóbora e de girassol, gergelim, nozes, macadâmia, castanha de caju e do Pará. Ricas em gorduras de qualidade, assim, agem como lubrificantes intestinais. 

Alimentos probióticos: kefir, kombucha, iogurtes naturais. São excelentes opções, afinal, proporcionam equilíbrio da flora intestinal, trazendo mais saúde e funcionalidade ao intestino. 

Água é muito importante

Um ponto importante dentro de uma dieta para prisão de ventre é a ingestão de água.

Afinal, a ingestão de 2 a 3 litros de água por dia ativa as fibras intestinais, fazendo com que o bolo fecal aumente de tamanho e se torne menos ressecado.

Assim, sua saída se torna mais fácil e o quadro de prisão de ventre aos poucos vai se desfazendo. 

Anúncios

Dicas importantes para combater a prisão de ventre

Além de colocar uma dieta para prisão de ventre em prática, há uma série de dicas importantes que combatem e acabam com esse quadro de saúde.

Então, vamos a elas:

  • Evite o consumo de alimentos ricos em açúcar, como doces, chocolates e refrigerantes;
  • Não adicione açúcar aos alimentos em sua rotina;
  • Salgadinhos, fast food, frituras devem ser evitados;
  • Prefira o consumo de vegetais crus e com casca;
  • Pratique ao menos 30 minutos de exercícios físicos diariamente;
  • Vá ao banheiro sempre que sentir vontade, ou seja, nada de ficar prendendo.

Além disso, não faça uso de laxantes sem orientação profissional.

Afinal, quando esse tipo de medicamento é utilizado sem orientação causa irritação do intestino, altera a composição da flora intestinal e piora os quadros de prisão de ventre. 

Suplementos para o intestino

Tão importante quanto seguir uma dieta para prisão de ventre, é apostar em suplementos que garantem saúde e funcionamento intestinal.

Existe hoje uma série de suplementos que garante um intestino mais saudável e funcional. Veja abaixo quais são os melhores suplementos para o intestino.

Duas mãos segurando intestino

Suplementos para o intestino

Conheça os 4 melhores suplementos para o intestino.

Sobre o autor

Murilo C.

Murilo C. é biomédico formado em 2010 com vivência clínica e laboratorial. Além disso, é formado em nutrição, com especializações na área de nutrição esportiva e fitoterapia. Atuante na área de nutrição clínica, acredita no poder dos alimentos como forma prevenir e tratar doenças. Escritor, leva informação de qualidade sobre saúde e alimentação para todos há uma década.

Em Alta

content

Receita de nhoque de batata doce: aprenda como fazer!

A receita de nhoque de batata doce é muito saborosa e prática de preparar! Então, confira aqui opções incríveis para o seu dia a dia!

Continue lendo
content

Torta fria de atum: 8 porções em apenas 30 minutos!

A torta fria de atum é uma opção que cabe no almoço ou jantar, assim como no lanche. Então, que tal aprender como fazer? Faça em 30 minutos!

Continue lendo
content

Sopa de alho-poró no pão italiano: Receita elegante e muito fácil

Quer aproveitar o melhor da culinária de inverno? Então confira como fazer uma sopa de alho-poró no pão italiano, diferente e saborosa.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Como comprar facilmente pela Tania Elisa Viagens?

Com a agência Tania Elisa Viagens você poderá comprar roteiros já disponíveis ou mesmo fazer um trajeto personalizado para você ou seu grupo. O passo a passo é simples e a forma de pagamento é acessível.

Continue lendo
content

Aplicativo Yandex Translate: veja como funciona e se vale a pena!

Com mais de 90 idiomas disponíveis para tradução, o Yandex Translate é o aplicativo perfeito para quem vai fazer uma viagem internacional e não fala o idioma do destino. Veja como ele funciona e se vale a pena para você!

Continue lendo
content

Conheça o cartão Latam Pass Itaucard Internacional: viaje e ganhe pontos e milhas!

Se você costuma viajar com frequência, precisa conhecer o cartão de crédito Latam Pass Itaucard Internacional. Ele oferece parcelamento especial em passagens Latam, além de outros benefícios. Confira!

Continue lendo