News

Dieta para doença de Crohn: 6 pontos para conhecer e colocar em prática!

Descubra tudo o que precisa e o que não deve fazer parte de uma dieta para doença de Crohn. Detalhes são extremamente importantes. Saiba mais!

Anúncios

por Murilo C.

23/02/2022 | Atualizado em 02/03/2022

A importância da alimentação na Doença de Crohn

Arroz cozido
Dieta para doença de Crohn deve ser seguida à risca. Fonte: Canva.

A dieta para doença de Crohn é muito importante. 

Afinal, por se tratar de uma patologia que acomete principalmente o sistema digestório, é preciso dar o máximo de suporte aos órgãos que o compõem.

Da mesma forma que em outras patologias de origem alimentar, a qualidade de vida e a recuperação do paciente dependem diretamente da alimentação. 

Assim, saber o que colocar e o que excluir do prato é fundamental. 

Então, é hora de conhecer todos os detalhes de uma dieta para doença de Crohn. 

Trigo e germen de trigo com cumbuca e colher

Glúten faz mal para quem tem Doença de Crohn?

Descubra o que é o Glúten e quando ele deve ser excluído de alguma dieta.

Anúncios

6 pontos cruciais de uma dieta para doença de Crohn

Existem alguns pontos que precisam ser levados em conta em uma dieta para doença de Crohn.

O principal norteador desse tipo de alimentação é proporcionar conforto ao sistema digestório.

Assim, com isso em mente, vamos seguir aos pontos cruciais da alimentação do paciente com Doença de Crohn. 

6. Aumente o número de refeições e diminua o volume

A dieta para doença de Crohn visa proporcionar conforto e qualidade de vida ao paciente. 

Dessa forma, uma estratégia comum é aumentar o número de refeições, contudo, com volumes menores. 

Essa estratégia garante a oferta de nutrientes sem sobrecarregar o sistema digestório. 

Anúncios

5. Apenas gorduras de qualidade

As gorduras de qualidade são importantes na dieta para doença de Crohn.

Afinal, elas funcionam como lubrificantes do tubo digestório.

Ou seja, desde a boca até o ânus.

Além de lubrificantes, elas possuem caráter anti-inflamatório e calmante dessas mucosas.

Com isso, há um controle dos processos inflamatórios. 

As melhores opções de gorduras boas para o paciente com Crohn são: Azeite extravirgem de qualidade e abacate. 

4. Nada de fibras

Fibras são extremamente estimulantes ao sistema digestório.

Ou seja: elas estimulam o peristaltismo. 

Assim, a dieta para doença de Crohn deve ser livre de fibras.

Então, nada de folhas, cereais integrais, como aveia ou cascas de qualquer tipo 

3. Proteínas de fácil digestão

Pacientes com doença de Crohn perdem peso muito rápido.

Por isso, a oferta de proteínas é importante. 

Afinal, são as proteínas que evitam o catabolismo muscular. 

Contudo, é importante escolher bem as fontes de proteína, priorizando as de fácil digestão. 

Assim, o ideal é optar por carnes brancas, como peixes e frango.

No entanto, carnes vermelhas, leite e iogurtes devem ser evitados por conta de seus processos mais lentos de digestão. 

Além disso, é importante priorizar alimentos grelhados e assados.

Ou seja: nada de frituras. 

2. Mastigação é importante

O processo de digestão começa pela boca.

Assim, quanto mais os alimentos forem mastigados, mais fácil será o processo de digestão e menos os sintomas da doença serão sentidos. 

O ideal é que o paciente coma com calma, prestando atenção nos alimentos, sem nenhum tipo de distração por perto, como televisão, ou celular, por exemplo. 

1. Nada de condimentos picantes

Embora seja óbvio, é importante que o óbvio também seja dito.

Assim, condimentos picantes devem ser evitados

Páprica, pimentas, mostarda, ketchups, por exemplo, devem ser totalmente excluídos. 

Suplementos são usados

Junto à dieta para doença de Crohn é muito comum que médicos e nutricionistas façam uso de suplementos visando a saúde intestinal. 

Embora existam muitas opções de suplementos disponíveis no mercado, alguns são realmente funcionais e específicos para a saúde intestinal.

Em alguns casos, suplementos intestinais melhoram os sintomas e aceleram o processo de recuperação dos pacientes.

Veja abaixo algumas das nossas recomendações de suplementos para a saúde intestinal.

Duas mãos segurando intestino

Os melhores suplementos para o intestino

Conheça quais são as principais opções de suplementos para a saúde intestinal.

Sobre o autor

Murilo C.

Murilo C. é biomédico formado em 2010 com vivência clínica e laboratorial. Além disso, é formado em nutrição, com especializações na área de nutrição esportiva e fitoterapia. Atuante na área de nutrição clínica, acredita no poder dos alimentos como forma prevenir e tratar doenças. Escritor, leva informação de qualidade sobre saúde e alimentação para todos há uma década.

Em Alta

content

O guia definitivo com dicas para perder peso rápido

Dormir bem, beber água e apostar em exercícios são algumas dicas para perder peso rápido. Veja outras e comece hoje mesmo!

Continue lendo
content

6 Benefícios do cacau que você ainda não conhece

Cacau é considerado um alimento funcional! Conheça os seus principais benefícios e as diferentes formas de consumir no dia a dia.

Continue lendo
content

Quercetina para que serve? Conheça 5 benefícios

Quercetina: Descubra para que serve, onde encontrá-la, e conheça 5 benefícios exclusivos que ela proporciona à sua saúde.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Como saber se uma agência de turismo é confiável? 5 dicas!

Se você está planejando suas próximas férias, mas ainda tem receio de comprar serviços de turismo online, saiba que existem maneiras infalíveis para descobrir se a agência de viagens em questão é de fato confiável ou não.

Continue lendo
content

Taidê Turismo é confiável? Veja como funciona antes de comprar

A Taidê Turismo realiza o receptivo de turistas, além de passeios e excursões na região de Recife. A empresa também oferece guias, roteiros personalizados e muitos outros serviços, então saiba mais detalhes sobre ela aqui!

Continue lendo
content

Couchsurfing é confiável? Veja como funciona antes de usar

Couchsurfing é uma plataforma global em que você encontra hospedagem de graça na casa de moradores locais. Conheça a opção para fazer amizades com quem tem os mesmos interesses que você e economizar na viagem!

Continue lendo