News

Dieta para doença de Crohn: 6 pontos para conhecer e colocar em prática!

Descubra tudo o que precisa e o que não deve fazer parte de uma dieta para doença de Crohn. Detalhes são extremamente importantes. Saiba mais!

Anúncios

A importância da alimentação na Doença de Crohn

Arroz cozido
Dieta para doença de Crohn deve ser seguida à risca. Fonte: Canva.

A dieta para doença de Crohn é muito importante. 

Afinal, por se tratar de uma patologia que acomete principalmente o sistema digestório, é preciso dar o máximo de suporte aos órgãos que o compõem.

Da mesma forma que em outras patologias de origem alimentar, a qualidade de vida e a recuperação do paciente dependem diretamente da alimentação. 

Assim, saber o que colocar e o que excluir do prato é fundamental. 

Então, é hora de conhecer todos os detalhes de uma dieta para doença de Crohn. 

Trigo e germen de trigo com cumbuca e colher

Glúten faz mal para quem tem Doença de Crohn?

Descubra o que é o Glúten e quando ele deve ser excluído de alguma dieta.

6 pontos cruciais de uma dieta para doença de Crohn

Existem alguns pontos que precisam ser levados em conta em uma dieta para doença de Crohn.

O principal norteador desse tipo de alimentação é proporcionar conforto ao sistema digestório.

Assim, com isso em mente, vamos seguir aos pontos cruciais da alimentação do paciente com Doença de Crohn. 

6. Aumente o número de refeições e diminua o volume

A dieta para doença de Crohn visa proporcionar conforto e qualidade de vida ao paciente. 

Dessa forma, uma estratégia comum é aumentar o número de refeições, contudo, com volumes menores. 

Essa estratégia garante a oferta de nutrientes sem sobrecarregar o sistema digestório. 

5. Apenas gorduras de qualidade

As gorduras de qualidade são importantes na dieta para doença de Crohn.

Afinal, elas funcionam como lubrificantes do tubo digestório.

Ou seja, desde a boca até o ânus.

Além de lubrificantes, elas possuem caráter anti-inflamatório e calmante dessas mucosas.

Com isso, há um controle dos processos inflamatórios. 

As melhores opções de gorduras boas para o paciente com Crohn são: Azeite extravirgem de qualidade e abacate. 

4. Nada de fibras

Fibras são extremamente estimulantes ao sistema digestório.

Ou seja: elas estimulam o peristaltismo. 

Assim, a dieta para doença de Crohn deve ser livre de fibras.

Então, nada de folhas, cereais integrais, como aveia ou cascas de qualquer tipo 

3. Proteínas de fácil digestão

Pacientes com doença de Crohn perdem peso muito rápido.

Por isso, a oferta de proteínas é importante. 

Afinal, são as proteínas que evitam o catabolismo muscular. 

Contudo, é importante escolher bem as fontes de proteína, priorizando as de fácil digestão. 

Assim, o ideal é optar por carnes brancas, como peixes e frango.

No entanto, carnes vermelhas, leite e iogurtes devem ser evitados por conta de seus processos mais lentos de digestão. 

Além disso, é importante priorizar alimentos grelhados e assados.

Ou seja: nada de frituras. 

2. Mastigação é importante

O processo de digestão começa pela boca.

Assim, quanto mais os alimentos forem mastigados, mais fácil será o processo de digestão e menos os sintomas da doença serão sentidos. 

O ideal é que o paciente coma com calma, prestando atenção nos alimentos, sem nenhum tipo de distração por perto, como televisão, ou celular, por exemplo. 

1. Nada de condimentos picantes

Embora seja óbvio, é importante que o óbvio também seja dito.

Assim, condimentos picantes devem ser evitados

Páprica, pimentas, mostarda, ketchups, por exemplo, devem ser totalmente excluídos. 

Suplementos são usados

Junto à dieta para doença de Crohn é muito comum que médicos e nutricionistas façam uso de suplementos visando a saúde intestinal. 

Embora existam muitas opções de suplementos disponíveis no mercado, alguns são realmente funcionais e específicos para a saúde intestinal.

Em alguns casos, suplementos intestinais melhoram os sintomas e aceleram o processo de recuperação dos pacientes.

Veja abaixo algumas das nossas recomendações de suplementos para a saúde intestinal.

Duas mãos segurando intestino

Os melhores suplementos para o intestino

Conheça quais são as principais opções de suplementos para a saúde intestinal.

Sobre o autor  /  Murilo C.

Murilo C. é biomédico formado em 2010 com vivência clínica e laboratorial. Além disso, é formado em nutrição, com especializações na área de nutrição esportiva e fitoterapia. Atuante na área de nutrição clínica, acredita no poder dos alimentos como forma prevenir e tratar doenças. Escritor, leva informação de qualidade sobre saúde e alimentação para todos há uma década.

Em Alta

content

4 opções de receita com aveia para emagrecer: como consumir?

São vários ingredientes que ajudam na perda de peso. Um deles é a aveia. Confira, então, algumas opções de receita com aveia para emagrecer!

Continue lendo
content

Como assar pão de queijo congelado no forno?

Como assar pão de queijo congelado no forno? Veja como preparar da maneira ideal, para que fique delicioso e não fique cru por dentro!

Continue lendo
content

Dieta para prisão de ventre: o que comer para soltar o intestino?

Caso precise de uma dieta para prisão de ventre, lembre-se de colocar água, fibras, frutas e sementes na sua alimentação. Veja mais aqui!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Aplicativo Cidadania4u: torne-se um cidadão europeu!

A startup Cidadania4u chegou para revolucionar a assessoria de cidadania europeia. Através da plataforma e do aplicativo você pode fazer todo seu processo online com quem entende do assunto!

Continue lendo
content

Como economizar e comprar passagem de ônibus barata?

Quer comprar passagem de ônibus barata? Não se preocupe! Nós te indicamos as melhores empresas e te damos dicas para economizar!

Continue lendo
content

Como baixar e usar o aplicativo FlixBus?

O aplicativo FlixBus está disponível para usuários Android e iOS gratuitamente. Com ele você encontra passagens de ônibus de baixo custo para viajar mais, pagando menos. Veja como fazer o download e comprar sua passagem!

Continue lendo