News

Diabetes gestacional: 6 sinais principais para prestar atenção

Diabetes gestacional é condição de saúde que coloca mãe e bebê em risco. Conheça os principais sinais e saiba quando buscar ajuda médica.

Anúncios

por Murilo C.

Publicado em 07/03/2022

Organismo sofre alterações durante a gestação

Grávida com resultado de glicose em mãos
Conheça os principais sintomas de diabetes gestacional. Fonte: Canva.

O diabetes gestacional é uma condição de saúde que afeta gestantes e seus bebês.

Como o nome já diz, a condição causa um aumento dos níveis de glicose no sangue da mulher grávida. 

É comum que a condição surja entre o 2º e o 3º trimestre de gestação. 

Embora seja uma condição preocupante, o diabetes gestacional desaparece após o parto.

Contudo, seu surgimento deve ser visto como um sinal de alerta.

Uma vez que sua presença traz riscos futuros à saúde da mãe e dos bebês. 

Então, por se tratar de uma condição de saúde perigosa e muitas vezes silenciosa, resolvemos abordá-la da forma mais completa para você!

Confira! 

Teste de gravidez entre as mãos

Os principais sintomas de gravidez

Conheça os 15 principais sinais que indicam gravidez.

Anúncios

Os 6 principais sintomas de diabetes gestacional

É muito comum que o diabetes gestacional seja uma doença silenciosa.

Ou seja, que apresenta pouco ou nenhum sinal. 

Por isso, é muito importante prestar atenção quando algo sai do normal.

Assim, de acordo com médicos e nutricionistas, os principais sinais dessa condição de saúde são:

  1. Aumento do apetite de uma hora para outra;
  2. Ganho de peso fora do comum;
  3. Aumento na vontade de urinar;
  4. Visão turva;
  5. Maior sensação de sede;
  6. Surgimento de infecções urinárias recorrentes. 

Esses sintomas são semelhantes aos que a mulher sente quando fica grávida. 

Por isso, o médico deve solicitar exames de glicose ao menos 3 vezes durante a gravidez.

O primeiro exame deve ser realizado no momento em que a gestação é confirmada.

Então, com base no início da gestação, o segundo e o terceiro exames devem ser feitos no início do segundo e terceiro trimestre de gestação. 

Diagnóstico

Para o diagnóstico de diabetes gestacional o exame escolhido é a curva glicêmica. 

Ou seja, um exame que avalia a velocidade e a capacidade do organismo de absorver a glicose após sua ingestão.

Assim, no total são feitas 3 coletas de sangue da gestante dentro de um período de 3h.

A primeira coleta é feita em jejum.

Em seguida, a paciente ingere 75 gramas de glicose e mais duas coletas são feitas, uma e duas horas após a ingestão dessa glicose. 

Os valores de normalidade do exame são:

  • Em jejum: igual ou menor do que 92 mg/dl;
  • 1h: abaixo de 180 mg/dl;
  • 2h: menor do que 153 mg/dl.

Contudo, se alguma das dosagens aleatórias apresentar resultado maior do que 200 mg/dl já se conclui o diagnóstico de diabetes gestacional. 

Anúncios

Principais causas da diabetes gestacional

É importante dizer que todas as mulheres têm chance de desenvolver o diabetes gestacional.

Contudo, algumas possuem mais chances do que outras. 

Assim, hoje se sabe que as principais causas para o surgimento da condição são:

  • Idade gravídica superior aos 25 anos;
  • Histórico familiar de diabetes;
  • Alterações hormonais causadas pelo período gestacional;
  • Diabetes gestacional em outra gravidez;
  • Excesso de peso antes da gestação;
  • Ganho de peso excessivo durante à gestação;
  • Bebê com peso superior a 4kg.

Complicações de saúde para a mãe e para o bebê

Quando não tratado, o diabetes gestacional é capaz de causar complicações de saúde para mãe e para o bebê. 

Por isso, é muito importante prestar atenção aos sinais e seguir o pré-natal à risca. 

Complicações para a gestante

Então, entre as principais complicações para a mulher estão:

  • Aumento da pressão arterial durante a gestação;
  • Risco elevado de pré-eclâmpsia;
  • Desenvolvimento de diabetes tipo 2 no futuro. 

Complicações para o bebê

O simples fato da presença do diabetes gestacional faz com que o bebê tenha automaticamente o risco aumentado de:

  • Excesso de peso ao nascer;
  • Parto prematuro;
  • Hipoglicemia após ao nascimento;
  • Surgimento de diabetes tipo 2 em algum momento da vida. 

Tratamento

O tratamento do diabetes gestacional é dividido em três passos. 

Assim, as gestantes devem colocar todos eles em prática:

  • Uso de medicamentos;
  • Prática de atividades físicas;
  • Mudanças na alimentação. 

O uso de medicamentos para diminuir a glicose é muito comum. 

Além disso, caso não funcionem adequadamente, é comum a prescrição de insulina. 

A prática de atividades físicas leves como caminhadas e hidroginásticas, por exemplo, ajuda a manter glicose sob controle.

E por fim, mudanças alimentares também são bem-vindas. 

Alimentação e diabetes gestacional

Um ponto muito importante para prevenir e manter o diabetes gestacional sob controle é a alimentação.

Contudo, a alimentação de uma mulher gestante precisa ser orientada, afinal por conta da alta necessidade de energia da mãe e do bebê, nenhum tipo de restrição alimentar deve ser feita. 

Aprenda como uma gestante diagnosticada com o problema deve se alimentar.

Gestante em sinal de positivo de glicose

Alimentação para diabetes gestacional

Aprenda como deve ser a alimentação para diabetes gestacional

Sobre o autor

Murilo C.

Murilo C. é biomédico formado em 2010 com vivência clínica e laboratorial. Além disso, é formado em nutrição, com especializações na área de nutrição esportiva e fitoterapia. Atuante na área de nutrição clínica, acredita no poder dos alimentos como forma prevenir e tratar doenças. Escritor, leva informação de qualidade sobre saúde e alimentação para todos há uma década.

Em Alta

content

Amaranto: conheça 5 benefícios exclusivos e saiba como consumir

Conheça 5 benefícios exclusivos do amaranto para a saúde e saiba como incluir o pseudocereal em sua dieta de maneira simples.

Continue lendo
content

TOP 4 receitas de mousse de leite ninho com chocolate: super fáceis e cremosas!

O preparo da receita de mousse de leite ninho com chocolate é bem simples e prático! Por isso, separamos 4 opções para você aprender!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Para onde viajar com 3 mil reais: 5 dicas imperdíveis!

Você não precisa gastar muito para fazer um passeio maravilhoso e aproveitar lugares incríveis. Com R$3 mil você pode viajar aproveitando 7 dias inteiros em praias, centros históricos e vida noturna!

Continue lendo
content

Primetour Viagens é confiável? Veja como funciona antes de comprar

Com a premissa de oferecer viagens exclusivas aos clientes mais exigentes, a Primetour Viagens garante experiências inesquecíveis para qualquer lugar do mundo. Então, conheça agora essa agência completa e veja como comprar!

Continue lendo
content

4 melhores agências de viagens exclusivas para mullheres: escolha a sua!

Cada vez mais populares no turismo, viagens exclusivas para mulheres têm atraído cada vez mais o público feminino. Nesse sentido, agências exclusivas para elas oferecem roteiros incríveis e seguros que valem a pena!

Continue lendo