News

Diabetes emocional: Você já ouviu falar nessa condição de saúde?

Diabetes emocional é uma situação de saúde bastante específica. Descubra como o diagnóstico é feito e qual é a importância de buscar ajuda profissional.

Anúncios

 Impacto das emoções afeta saúde física

Dedo furado e medidor de glicose
Compreenda o mecanismo do diabetes emocional. Fonte: Canva.

Foi no ano de 1621 que o médico inglês Thomas Willis relatou uma condição de saúde que ele batizou popularmente como diabetes emocional. 

Ou seja, ele notou alterações nos níveis de glicose de seus pacientes após momentos de tristeza ou estresse profundo.

Com o passar dos anos e dos séculos, cada vez mais estudos observam o impacto da saúde emocional sobre a saúde física. 

E no universo do diabetes, não é diferente.

Então, hoje vamos nos aprofundar nessa condição de saúde chamada de diabetes emocional.

Pessoa medindo glicose

Riscos do diabetes à saúde

Saiba quais são os principais riscos do diabetes à saúde.

Compreendendo o diabetes emocional

O termo diabetes emocional é utilizado em ocasiões específicas. 

Ou seja, quando o paciente passa por um episódio de estresse ou ansiedade, capaz de desencadear um aumento súbito dos níveis de glicose sanguínea.

Contudo, a exemplo do que ocorre em casos de diabetes tipo 1, tipo 2, tipo 3, ou gestacional, por exemplo, essa condição não é permanente. 

A relação entre o emocional e o aumento de glicose sanguínea

Já se sabe que a saúde emocional tem grande impacto sobre a saúde física. 

Afinal, grandes emoções influenciam diretamente a ação de hormônios, que possuem relação direta na ação da insulina no organismo. 

Um estudo realizado em 2009 pelo Journal of Internal Medicine, conduzido por pesquisadores dinamarqueses apontou que pessoas mais estressadas possuem níveis aumentados de glicose no sangue.

Assim, chegaram à conclusão de que pessoas estressadas e ansiosas possuem até duas vezes mais chances de desenvolver diabetes no futuro. 

Causas do diabetes emocional 

Quando se passa por um período de estresse, o organismo acredita que está em perigo. 

Assim, é liberado uma grande dose de hormônios no organismo, como adrenalina e cortisol, por exemplo. 

Dessa forma, a insulina, responsável por captar a glicose e levar para dentro das células, passa a atuar de maneira pouco funcional.

Assim, há um quadro de hiperglicemia, ou seja, aumento dos níveis de glicose no sangue. 

E assim ocorre o diabetes emocional. 

Tratamento

O tratamento consiste basicamente em colocar em prática técnicas para relaxar, além de alimentação e prática de atividades físicas. 

Assim, as melhores formas de neutralizar o quadro são:

  • Fazer uso de terapias relaxantes, como exercícios de respiração e meditação guiada;
  • Diminuir o consumo de bebidas estimulantes, como café e chás preto, verde, branco e mate;
  • Evitar momentaneamente o consumo de alimentos ricos em carboidratos;
  • Praticar atividades físicas para que a glicose seja colocada para dentro das células via processo enzimático. 

O diabetes emocional é uma condição pontual e específica. 

Ou seja: conforme a ansiedade e o estresse da pessoa diminuem, os níveis de glicose voltam ao normal. 

Diabetes tipo 3, você já ouviu falar? 

Além do diabetes emocional, existe um “novo” tipo da doença que vem ganhando cada vez mais fama. 

Trata-se do diabetes tipo 3.

Você já ouviu falar nele? Sabe o que significa?

Pessoa medindo glicose de paciente

Diabetes tipo 3, você conhece?

Saiba tudo sobre o diabetes tipo 3.

Sobre o autor  /  Murilo C.

Murilo C. é biomédico formado em 2010 com vivência clínica e laboratorial. Além disso, é formado em nutrição, com especializações na área de nutrição esportiva e fitoterapia. Atuante na área de nutrição clínica, acredita no poder dos alimentos como forma prevenir e tratar doenças. Escritor, leva informação de qualidade sobre saúde e alimentação para todos há uma década.

Em Alta

content

Receitas de comidas mediterrâneas: veja algumas!

As comidas mediterrâneas contam com receitas saborosas e saudáveis que ganharam fama no mundo todo. Conheça algumas aqui, veja as opções.

Continue lendo
content

Musicoterapia ajuda no tratamento de doenças: saiba mais sobre ela

Musicoterapia melhora o humor, ajuda na interação social e aguça os sentindos. Conheça o que é, para quem é indicada e onde fazê-la.

Continue lendo
content

Aprenda deliciosas receitas de molho para acompanhar o tender e peru!

Aprenda a fazer este delicioso molho com o tempero certo para realçar o sabor de seu tender e peru de Natal e arrase na sua ceia!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

TOP 9 melhores pacotes de viagem para você aproveitar em 2022!

O ano novo está chegando, e se você pretende fazer uma viagem para aproveitar suas férias, confira nossas dicas de pacotes para viajar em 2022. Assim, você pode começar a se programar além de encontrar ofertas imperdíveis para destinos paradisíacos!

Continue lendo
content

Como comprar facilmente com a Universal Assistance?

Contratar o Seguro Viagem da Universal Assistance é mais fácil do que você imagina. São diversos planos disponíveis para atender todos os perfis de viajantes de todas as idades!

Continue lendo
content

8 melhores destinos para o Réveillon 2022: nacionais e internacionais!

Não é fácil encontrar o melhor destino para passar o Ano Novo, não é mesmo? Nesse sentido, a celebração acontece ao redor do mundo nas principais cidades. Portanto, confira nossa lista e escolha o melhor destino para a sua viagem de Réveillon!

Continue lendo