News

Terapia de reposição hormonal feminina: quem deve fazer?

Entenda como funciona a terapia de reposição hormonal feminina, como ela é feita e para quem é indicada.

Anúncios

Terapia de reposição hormonal feminina evoluiu

cartela de hormônios
Saiba como é feita a terapia de reposição hormonal feminina. Fonte: Canva.

A terapia de reposição hormonal feminina é um tratamento eficaz e amplamente procurado.

Afinal, alivia sintomas desconfortáveis da menopausa, como ondas de calor, alterações de humor e ressecamento vaginal, por exemplo. 

Além disso, ela tem sido muito utilizada para prevenir osteoporose, pois ajuda na manutenção de massa óssea.

Hoje vamos te mostrar para que serve esse tipo de terapia e como ela é feita.

Você é mulher? Tem sofrido com os efeitos da menopausa?

Então, precisa ler esse artigo até o final. 

útero de massinha com pílulas ao redor

Menopausa precoce é cada vez mais comum

Conheça os sintomas e causas da menopausa precoce.

Para que serve reposição hormonal feminina?

A terapia de reposição hormonal feminina tem como objetivo a reposição dos níveis de hormônios femininos.

Principalmente estrogênio e progesterona. 

Por isso, é feita em casos de menopausa ou menopausa precoce.

Afinal, são quando os níveis desses hormônios diminuem.

Assim, a reposição hormonal feminina serve para:

  • Aliviar sinais da menopausa, como secura vaginal, ondas de calor, alterações de humor, diminuição da libido, por exemplo;
  • Aumentar a lubrificação vaginal;
  • Prevenir a perda óssea e a ocorrência de osteopenia e osteoporose;
  • Ajustar o perfil lipídico da mulher, ou seja, níveis de colesterol e triglicérides;
  • Melhorar o fluxo sanguíneo. 

Diferentes tipos

Existem três tipos diferentes de reposição hormonal feminina.

Cada um deles leva em consideração as particularidades de cada mulher.

Assim, quem decide pelo tipo de reposição a ser escolhido é o médico responsável pelo procedimento. 

Então, vamos aos diferentes tipos.

Reposição com estrogênio e progesterona

Esse tipo é utilizado em mulheres que ainda têm o útero. 

Assim, são utilizadas doses de progesterona natural, combinadas com progesterona sintética e estrogênio. 

Reposição apenas com estrogênio

Essa reposição hormonal feminina é indicada para mulheres que retiraram o útero.

Nesse caso, são usados medicamentos que tem como base o hormônio, como estrona, estradiol ou mestranol, por exemplo.

Reposição natural

E por fim, há a reposição hormonal natural.

Indicada para quadros mais leves.

Aqui é possível resolver como alimentos que contenham fitoestrogênio em sua composição.

Soja, linhaça dourada, amora, por exemplo, são alguns exemplos. 

Benefícios

Existem uma série de benefícios para a mulher que se submete a esse tipo de terapia.

Então vamos a eles:

  • Diminuição dos fogachos, ou seja, as ondas de calor desagradáveis;
  • Alívio dos picos de suores noturnos;
  • Aumento na qualidade do sono, diminuindo a insônia;
  • Ajuda na manutenção ou recuperação da saúde óssea;
  • Ameniza quadros de irritabilidade;
  • Previne ansiedade e depressão;
  • Retarda o envelhecimento;
  • Melhora o desempenho sexual, afinal, melhora a libido e aumenta a lubrificação vaginal;
  • Diminui as chances de infecção de urina. 

Contraindicações

Embora seja segura e benéfica, a terapia de reposição hormonal feminina possui contraindicações. 

Ou seja, quando a mulher seja portadora de alguma das doenças a seguir:

  • Patologias hepáticas e biliares;
  • Câncer de mama ou do endométrio;
  • Sangramento genital desconhecido;
  • Trombose ou patologias trombóticas;
  • Lúpus eritematoso sistêmico;
  • Doença coronariana;
  • Alterações de coagulação.

A terapia hormonal é capaz de piorar os quadros dessa doença.

Terapia de reposição hormonal masculina

Assim como as mulheres, homens também precisam ajustar seus níveis hormonais com o passar dos anos.

Assim, para isso devem se submeter a terapias de reposição hormonal.

ampolas de testosterona

Terapia de reposição hormonal masculina

Conheça e saiba como é feita a terapia de reposição hormonal em homens.

Sobre o autor  /  Murilo C.

Murilo C. é biomédico formado em 2010 com vivência clínica e laboratorial. Além disso, é formado em nutrição, com especializações na área de nutrição esportiva e fitoterapia. Atuante na área de nutrição clínica, acredita no poder dos alimentos como forma prevenir e tratar doenças. Escritor, leva informação de qualidade sobre saúde e alimentação para todos há uma década.

Em Alta

content

Suplementos para síndrome do ovário policístico: as 5 melhores opções

Ômega 3 e vitamina D são suplementos para síndrome do ovário policístico que ajudam no tratamento; veja outras opções interessantes aqui.

Continue lendo
content

App Tudo Gostoso: como usar o aplicativo de receitas!

Aprenda aqui como usar o App Tudo Gostoso, um aplicativo com dicas culinárias e acesso a inúmeras receitas para favoritar!

Continue lendo
content

Curso de Barista Grátis Prime Cursos: como fazer para se inscrever?

Aprenda como fazer para se tornar um barista profissional com o Curso de Barista Grátis Prime Cursos. Descubra os requisitos e inscreva-se!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Voo cancelado Avianca: como agir nessa situação?

Descubra seus direitos em caso de voos cancelados pela Avianca. Saiba como reagir e quais opções estão à sua disposição quando enfrentar essa situação inesperada. Conheça seus direitos agora!

Continue lendo
content

Pacotes de viagens All Inclusive: o que é? Vale a pena?

Você conhece os pacotes de viagem all inclusive e o que é essa opção de serviços? Então não perca tempo e saiba tudo sobre o assunto, bem como vantagens e desvantagens.

Continue lendo
content

Conheça o cartão de crédito BRB DUX Visa Infinite: opção Premium do Banco de Brasília

Com uma lista extensa de benefícios, o cartão de crédito BRB DUX Visa Infinite oferece atendimento personalizado e muitos benefícios. Confira aqui suas características e analise suas vantagens e desvantagens antes de solicitar o seu.

Continue lendo